Escolha uma Página
RTEmagicC_jato1.jpg

Claudinha Leite mostrando como não se deve fazer um bom squirt

Ocupando o sétimo lugar na lista da primeira geração de PokémonsSquirtle, a tartaruga azul com calda de esquilo, sempre foi um dos meus monstrinhos preferidos. Uma tartaruga azul que espira água como forma de ataque é o tipo de coisa que só poderia vir do japão. Porém, como tudo ligado a terra do sol nascente, a “inocência” acaba muito rápido, porque se analisarmos bem o Squirtle é uma clara referência a ejaculação feminina. Sei que causei algumas explosões de cabeças, mas não se preocupem, pois estamos no Dicionário Adulto e a expressão que será explanada nas próximas linhas é o Squirt.

Traduzido de inglês para português, squirt significa esguicho, o que já define quase tudo que precisamos saber sobre o assunto. Esse tal “esguicho” mencionado e uma referência direta a mítica ejaculação feminina; e a coloco dentro da classificação mitológica, pois a verdade é que mulheres não tem a capacidade de ejacular. O líquido “jorrado” durante o squirt é algo ainda bem pouco estudado, mas como sei que nosso objetivo aqui não é ciência, deixo que vocês pesquisem mais sobre o assunto.

O grande valor do Squirt está no seu choque social. Uma jorrada bem feita, daquelas que saem com força, são por essência uma forma de afirmação feminina que diz “OLHA PRA MIM! TAMBÉM POSSO GOZAR NA SUA CARA!”, e esse é um condicionamento que nem todos os homens estão dispostos a considerar.

Pessoalmente, gosto muito de squirt. Já “mantive relações” com duas “companheiras” que “gozavam” dessa habilidade e considero como a forma mais sublime da mulher expressar o quanto está aproveitando o sexo, porém também entendo quando uma mulher afirma não gostar de gozar dessa maneira. É molhado, tem cheiro (não muito forte) e assusta boa parte dos parceiros, mas é natural e é esse o ponto que deve ser entendido por todos, até pela sua vó de 80 anos que nunca deve ter tido um orgasmo na vida.

Às jovens que sentem vergonha por possuírem essa distinta habilidade, digo apenas para pararem com o “mimimi”, porque a lógica é simples: 1) Seu corpo quer se expressar; 2) Se o seu companheiro sentir nojinho é mais fácil mudar de  parceiro sexual do que ficar segurando orgasmos; 3) O valor dessa habilidade tem significados consideravelmente feminista. Então jovens… liberem suas pepecas de mais essa pressão social e entendam que jogar aguinha pro alto é a forma do seu órgão sexual se expressar.

E eu não poderia terminar essa postagem sem colocar a imagem abaixo. Uma singela homenagem ao Pokemon sitado no texto. Squirtle, aquela que foi primeira vagina cuspidora aceita pela nossa sociedade machista.

pokemon water gun team pokemon go

O PBG é um blog mantido por muitas pessoas que não podem ou não querem se identificar. Você pode enviar o seu texto para contato@peixebolagato.com.br, e terá sua identidade preservada.

Comments

comments