Dicionário Adulto: FemDom

A pornografia sempre foi vista pelos mais conservadores como algo que “degrada” as mulheres, colocando-as em situação de humilhação ou até mesmo de inferioridade aos homens. Porém, para nossa felicidade, cada vez mais essa visão está mudando. Hoje em dia as mulheres tem assumido um papel muito mais “dominador” na pornografia, mostrando que os homens também tem fetiche com sofrer abuso e humilhação, e a maior prova disso é o mais recente estilo de pornografia conhecido como FemDom.

DSC00096
Um belo exemplo de FemDom

O FemDom pode parecer uma gíria complicada de se entender, mas é apenas uma abreviatura do termo female domination, que serve para categorizar os filmes e vídeos pornô onde uma ou mais mulheres dominam um ou mais homens. E só com essa descrição já parece algo muito diferente do que costumamos ver, mas nem é tanto assim. Na verdade foi mais ou menos assim que o pornô foi nascendo há muito tempo.

Ninguém sabe ao certo quando foi o primeiro vídeo de FemDom, existindo até registros da década de 1930 mostrando homens amarrados em camas, enquanto jovens atrizes os cavalgavam até a exaustão. O que se sabemos com alguma certeza é que o estilo voltou a moda recentemente.

female
É tipo isso, só que o gato é um cara

Começou com uns vídeos de festas de despedidas de solteira. Normalmente se tinha um streeper homem e, em determinado momento, o moço precisava dar prazer a várias das convidadas e a noiva. Daí a coisa foi evoluindo e hoje existem algumas produtoras dedicas apenas a fazer filmes nesse estilo. Claro que a coisa ficou mais pesada também, em algumas produções é normal pegarem um cara “comum” e colocarem um grupo de 4 a 6 mulheres para “usarem seus dotes físicos” sem dó, nem piedade.

O FemDom acaba sendo uma resposta natural aos vídeos da Gang Bang, que fizeram tanto sucesso no começo dos anos 90. O problema é que tem muita gente babaca por aí alegando que esse é um fetiche apenas masculino, que mulheres não tem esse fetiche e, por isso, o FemDom é ainda mais “machista” que o Gang Bang e suas variações. Pra essas pessoas eu só tenho uma coisa à dizer: DEIXEM DE SER BABACAS! Eu, mesmo não sendo um bom padrão de conhecimento, tenho várias amigas que gostariam de ver seus namorados sendo abusados por outras mulheres, até mesmo pelas amigas. A questão é que, por conta do preconceito babaca de uma sociedade idiota, elas não podem colocar esse fetiche em evidência.

Se você é mulher e tem vontade de se juntar a grupinho de outras mulheres para atacar um coitado por aí, saiba que você não está sozinha e que não precisa sentir vergonha. Se junte com algumas amigas, encontre o coitado perfeito (e consensual) para colocar essa festinha em prática. Se possível mande umas fotos aqui para a gente 😉

O PBG é um blog mantido por muitas pessoas que não podem ou não querem se identificar. Você pode enviar o seu texto para contato@peixebolagato.com.br, e terá sua identidade preservada.

Comments

comments

A Gerência

O PBG é um blog mantido por muitas pessoas que não podem ou não querem se identificar. Você pode enviar o seu texto para contato@peixebolagato.com.br, e terá sua identidade preservada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.