Escolha uma Página

queijos

Depois do sucesso obtido com a primeira publicação da série Dr. Pinto responde, nosso doutor especializado nos problemas sexuais resolveu que responderia mais perguntas. Nessa segunda postagem vamos conhecer o caso de um jovem que está atordoado por um problema que vem atingindo várias gerações de homens durante toda a existência da humanidade.

Aconselhado por nossos advogados, resolvi ressaltar (ou pelo menos lembrar) que o blog no qual você, leitor carinhoso e bem intencionado, se encontra é considerado como humorístico, porém nada lhe impede de começar o mesmo mimimi de sempre. Estaremos aqui até nos retirarem do ar.

Leitor Anônimo questiona: “Comerei uma guria hoje, depois de meses na seca. ‘Toco uma’ uma horas antes ou não?”

Resposta:
Caro amigo leitor, sua dúvida é de extrema importância, pois ela atinge muitos homens. Por séculos a questão do “será que eu vou fazer vergonha” foi algo que nos assustou, afinal de contas ninguém quer gozar com apenas dois minutos de transa, o mínimo aceitável é de 5 minutos.

Dado a complexidade de sua questão, acredito que o primeiro ponto à ser analisado é o enfoque na sua vida sexual como um todo. Precisamos saber o que te levou a ficar meses na seca, pois esse é o verdadeiro problema.

Se o nobre cavalheiro está meses sem ter qualquer tipo de contato sexual diferente da autoflagelação, podemos concluir que algo está muito errado.  Minha sugestão é para que tente evitar esses longos períodos sem movimentações sexuais, pois eles tendem à causar danos psicológico IRREVERSÍVEIS. Quando Deus criou o homem foi bem específico em dizer “crescer e multiplicar”.

Um dos motivadores clássicos que levam à essa “ausência” sexual é a falta de qualificação para o processo de conquista, o que deve corresponder a 90% dos casos catalogados. Caso sua desenvoltura no processo de conquista (conhecido popularmente como “desenrolo”) não seja das melhores,  uma das opções é procurar o serviço de “mulheres da vida”. A prostituição existe desde tempos imemoriais e uma das suas funções socais é aliviar a “tensão” de homens que, por falhas físicas ou de personalidade, não conseguem encontrar parceiras sem remuneração. A segunda opção é se tornar um estuprador, mas já me disseram que piadas e textos humorísticos sobre estupros não são bem visto pela sociedade (sim, vivemos numa época complicada).

NBA on TNT chuck masturbation charles barkley masturbate

Como diria Taylor Swift: “shake shake shake it off”

Depois de explanada sua dificuldade de acesso ao sexo oposto, só nos resta ir direto a dúvida e responder que: depende muito. Estudos com macacos e outros animais já comprovaram que o excesso de sémen pode causar vários distúrbios comportamentais nos machos de diversas espécies, algo que pessoalmente gosto de nomear como “a síndrome do queijo”. Sendo, é claro, que retirei essa expressão da sabedoria popular, responsável pela comparação entre o processo de fabricação do queijo.

A liberação de um pouco do material seminal pode realmente ajudar a evitar futuras “vergonhas”, porém, esse é um dos casos nos quais antidoto e veneno se confundem. “Tocar uma” antes de sair com sua atual fêmea pode acabar te deixando sem forças para aturar todo o processo de conquista. Então tome muito cuidado. Certifique-se de que terá “saco” (entendeu a piadinha?) para aturar o jogo da conquista e depois presentear sua parceira com seus fluídos corporais.

Minha principal dica para o seu caso é: A masturbação como alívio é normal, mas não deve ser levada a sério quando a situação está de “transformar leite em queijo”. Se você tem o rosto deformado ou qualquer outro problema, use os serviços de uma prostituta visando não deixar acumular mais esperma do que o necessário. E fique tranquilo, “putas não amam”.

OBS: Com o objetivo de assegurar o total anonimato das futuras questões que serão respondidas, o Dr. Pinto providenciou a criação de um perfil na rede social Ask.fm, então se você quer fazer alguma pergunta e tem medo de que nossos administradores riam de sua cara, levante seu questionamento aqui.

Doutor Pinto Erguido Leite Aquino Rego, nome completo desse sexólogo formado pela Universidade da Vida, com doutorado em todos os puteiros e uma experiência profissional tão grande quanto a lista de homens que já deitaram com a Sasha Grey.

Comments

comments