Escolha uma Página

Depois de um longo período de férias, ele finalmente está de volta! Isso mesmo, Dr. Pinto voltou a responder as perguntas mais gostosas que existem. E pra começar bem o retorno aos palcos, a Pequena Travessa, que já mandou nudes para a gente(clique aqui), fez uma perguntinha para nosso sexólogo sobre “mulheres independentes”

Pequena Travessa pergunta:

“É possível que o meu jeito mais independente afaste os homens ?”

Dr. Pinto Responder:

Olá, amiguinha!

Suas nudes foram as mais gostosas que já recebemos. Só de lembrar daquele piercing de mamilo que você tem… A mente voa longe hehehe. Mas vou para de enrolar e responder sua pergunta. Até porque essa é a dúvida de muitas mulheres. Bom… Infelizmente, sim! O fato de uma mulher ser mais independente, assusta muitos “moleques”. Veja bem: não chamo essas pessoas de “homens”. O motivo é bem simples: eles se comportam como moleques. E também não os condeno. Até porque a culpa não é deles. Explico o motivo…

 woman parks and recreation amy poehler parks and rec leslie knope GIF

NÃO É FEMINISMO, MAS É

Homens são criados para serem “fortes, independentes e seguros de si”. Obviamente essa porra falha miseravelmente. Como não existe “tolerância”, os caras acabam confusos e medroso. E de contra ponto a situação das mulheres não é melhor. A maioria é criada para ser “passiva”, e  não ter um parceiro fixo só piora o julgamento da sociedade.

Quanto mais homens tolerantes criarmos, mais mulheres independentes teremos. Porque os homens (de verdade) sabem respeitar e admirar as mulheres pela sua força. Além de ensinarem seus filhos a fazerem o mesmo. É um ciclo bom, que precisa começar de algum ponto.

PORNÔ E BRINQUEDOS AJUDAM

Pode parecer sacanagem, mas o pornô e os brinquedos sexuais ajudam e “empoderam”. Como o homem é “estimulado” a bater punheta se auto-satisfazer desde novo, as mulheres são repreendias. Isso cria um desequilíbrio escroto. Os brinquedos sexuais (vibradores, estimuladores etc) tem o poder de “libertar” a mulher.

Pornô e sextoys ferramentas para se ter prazer sozinha. Não tiram a carência emocional, mas mostram que não é preciso uma piroca para se satisfazer. Se você não acha pornografia interessante, é porque ainda não achou a certa. Existem várias produtoras, além dos amadores, que fazem os mais variados tipos de pornô. Uma hora ou outra, a mulher encontra aquilo que a excita. Ou seja: é preciso pesquisar, ver e experimentar. E além disso, o pornô também está na literatura. Então se você não gosta de filmes, vá ler ou ouvir um podcast de contos eróticos.

 man woman badass feminist girl power GIF

INDEPENDENTE NÃO SIGNIFICA FRIA

Talvez o maior problema das mulheres independentes é serem vistas como frias. A real é que não são. Geralmente uma mulher independente está mais preparada e querendo transar, do que uma dependente. O que você pode fazer é continuar sendo exatamente da maneira que é. Você é livre, forte e sabe o que quer. Se os caras admiram isso ou não, é uma questão de tempo. Uma hora ou outra você vai encontrar alguém que goste do seu jeito. Aí é só cair pro abraço, dar  um chá de buceta no maluco e  gozar até o grelo ficar inchado.  😉


Quer ver mais sobre mulheres independentes aqui Peixe Bola Gato? Então nos ajude a manter o site no ar: vire nosso padrinho! É só clicar aí na imagem 😉

Doutor Pinto Erguido Leite Aquino Rego, nome completo desse sexólogo formado pela Universidade da Vida, com doutorado em todos os puteiros e uma experiência profissional tão grande quanto a lista de homens que já deitaram com a Sasha Grey.

Comments

comments