Escolha uma Página

Na semana passada nós fizemos uma postagem sobre o canal Gordelícias da Safada.TV. A recepção dos leitores foi ótima. Afinal de contas, a gente gosta é mesmo de umas gordinhas e nunca escondemos isso. Daí surgiu a oportunidade de fazer uma entrevista com a Aleksandra Yalova, que é uma das Gordelícias. Claro que aproveitamos essa chance e fomos atrás da moça pra saber mais sobre sua carreira, vida e inspirações. Confere aí!

RUIVA, GORDINHA E FODE PRA CARALHO

Sr. PBG: Quando veio o convite de gravar com a galera da Safada.TV, qual foi a sua primeira reação?
Aleksandra Yalova: Eu fiquei muito interessada e curiosa mas ao mesmo tempo com medo de não suprir as expectativas

Sr. PBG: No seu perfil diz que você é Escort e Cam Girl, além de não morar no Brasil. A galera da gringa é mais chegada em Plus Size do que o Brasileiro?
Aleksandra Yalova: Eu acho que aqui as pessoas cuidam mais da própria vida e consequentemente não se importam com os padrões externos. Se gostam de algo simplesmente fazem, porque são livres. No Brasil é diferente, muitos homens amam mulheres gordas mas tem vergonha do que seus amigos ou família vão pensar.

Sr. PBG: O chato é que isso acaba refletindo nas meninas e meninos que estão fora do tal padrão, né? E como foi esse processo pra você? Rolou aquela fase braba de querer entrar no padrão e tudo mais?
Aleksandra Yalova: Sim, se aceitar e se amar é um exercício diário. Passei minha adolescência toda me sentindo um lixo, vomitando e tomando remédios para emagrecer. Depois que atingi uma certa maturidade, pensei “foda-se” e em seguida comecei a trabalhar como acompanhante. O que mudou muito minha percepção sobre o desejo das pessoas.
Na verdade esses padrões esdrúxulos afetam a maioria das pessoas, mas demorei pra entender que gosto é gosto, não importa o quanto a sociedade tente nos empurrar algo. Se todos gostassem do azul, o que seria do vermelho, não é mesmo?

Sr. PBG: Verdade! Mas vamos pra parte boa, vamos falar de putaria. O público gosta de saber: você tem alguma preferência? Gosta de meninas também?
Aleksandra Yalova: Minha preferência pessoal é fuder com força. Gosto de meninas as vezes, mas prefiro pau.

Sr. PBG: Minha cena preferida, contigo no Safada.TV, é aquela da ligação. Você fica de 4 e dá uns gemidos que tiram qualquer um do sério. Na intimidade, sem as câmeras ligadas, é daquele jeito mesmo?
Aleksandra Yalova: Muito melhor, aquela foi minha primeira cena.

Sr. PBG: Olha… pra uma primeira cena, já foi bom pra caralho. E qual foi a experiência mais louca que você já teve com um cliente?
Aleksandra Yalova: Uma vez atendi um cara que trouxe um dildo gigantesco e me pediu pra enfiar com força nele até sangrar o máximo que puder. Fiquei um pouco mal com aquilo.

Sr. PBG: Nossa… ééé… fetiche é fetiche… E tem alguma fantasia sua que ainda não realizou?
Aleksandra Yalova: Tribbing e Gang Bang

Sr. PBG: Gang Bang? Tá aí algo que seria foda de te ver fazendo. Tô conversando contigo e vendo a cena que você fez com o Capoeira. Seria legal a Safada.TV colocar você e a galera do Black Brothers pra fazer um Gang Bang hahaha.
Aleksandra Yalova: Essa proposta foi feita, mas não deu tempo pois me mudei pra Europa.

Sr. PBG: Você vê os seus próprios vídeos?
Aleksandra Yalova: Já vi algumas cenas dos meus filmes, mas completo não. Assisto muito pornô, por curiosidade mesmo.

Sr. PBG: Gostaria de deixar alguma mensagem para as mulheres que estão fora dos padrões e sentem vergonha de seus corpos?
Aleksandra Yalova: Se descobrir e se amar é um processo diferente para cada mulher, mas quando você percebe que é única e linda isso se reflete ao seu exterior e as pessoas percebem isso.


Gostou dessa entrevista com a Aleksandra Yalova? Quer ver mais conteúdo assim aqui no Peixe Bola Gato? Então nos ajude a manter o site no ar: vire nosso padrinho! É só clicar aí na imagem 😉

mão amiga

O PBG é um blog mantido por muitas pessoas que não podem ou não querem se identificar. Você pode enviar o seu texto para contato@peixebolagato.com.br, e terá sua identidade preservada.

Comments

comments