Manual japonês para encontros e sexo

Não existe momento mais complicado na vida de uma pessoa do que sua “primeira vez”. Perder a virgindade é um saco, porque normalmente qualquer “potencial experiência sexual” que se possa ter, é toda baseada em filmes pornôs nada realista e isso acaba gerando falsas expectativas, além de ser praticamente impossível replicar boa parte das posições e movimentos normais de um filme pornô quando ainda se tem um cabaço intacto, esperando para ser rompido.

00jpsxguide00

Mas e se alguém fizesse um manual, ilustrado fotograficamente, explicando como devemos agir na primeira transa? É uma boa ideia, né? Mas poderíamos ir mais longe: por que não um manual dizendo como você deve agir durante todo o processo de conquista, que leva até a transa em si? Bem melhor, né? Tem muita gente que não sabe bem como “chegar” em outra pessoa, então esse manual ajudaria bastante. Pois foi exatamente isso que os malucos dos japoneses fizeram no meio da década de 1980.

Ainda sem muitas informações onde e como surgiu esse manual, encontrei fotos dele pela internet. Parece que servia para ajudar os jovens que queria “conhecer melhor” meninas. E a porra do tal “manual para encontros” é tão completo que, escrotamente, começa desde o processo de segurar as mãos (literalmente) e vai até o momento onde você faz aquela siririquinha para dar um último orgasmo para sua parceira.

Bom… Não tem muito o que falar sobre essa coisa linda e extremamente prática que os nossos amigos dos olhos puxados fizeram. Claro que ele está bem ultrapassado, mas vou deixar algumas páginas aqui para ver se ajudo um ou outro jovem leitor a entender como a coisa toda funciona 😉

Parece que as japonesas curtiam um estilo mais “livre”, com mais pelos. Bom… foda-se, o corpo é delas, fazem o que quiserem.

 

Agora vamos te ensinar a segurar na mão da jovem. Vai por mim: isso é importante ¬¬
Pegar na pontinha dos dedos é sexy demais!
Já vai puxando a mão, o braço e vai que tu ganha uma agarrada no pau?!
É tipo bicho: você cata piolho dela, depois ela limpa a bosta no seu sapato.
Tirar remela, limpar o nariz e secar a baba. Tudo bem sensual, pra parceira dar aquela risadinha marota no final.
Vira pra ela e fala “olha só o que eu tenho aqui no bolso. O MENOR SMARTPHONE DO MUNDO!”
O nome é umbigo e não “imbigo”. Se falar certo, nem precisa passar a mão, a mina já fica molhadinha.
Mamilos são como botões de TV antiga: se você der uma boa girada, o canal muda.
Aqui podemos ver claramente que os pênis japoneses são como tubos de ensaio.
Depois de toda essa merda, a mina te larga e vai transar com um boneco articulado, porque ele tem mais gingado que você. SEU VIRJÃO!
O boneco articulado é tão fodão que o pau dele é invisível e gigante, fazendo a parceira ficar longe. Não cabe tudo dentro dela.
Mas o bonecão articulado tem ejaculação precoce. Olha a carinha de decepção da jovem.
É aí que você volta pro jogo e faz um siririquinha na jovenzinha e todos ficam felizes!

E se depois disso tudo você ainda não conseguir conquistar a jovenzinha, não tem problema. Dá uma passada lá na loja da Sensual Sexshop e compra esse masturbador em formato de pepeka, porque o preço tá especial.

publicidade_masturbador

 

O PBG é um blog mantido por muitas pessoas que não podem ou não querem se identificar. Você pode enviar o seu texto para contato@peixebolagato.com.br, e terá sua identidade preservada.

Comments

comments

A Gerência

O PBG é um blog mantido por muitas pessoas que não podem ou não querem se identificar. Você pode enviar o seu texto para contato@peixebolagato.com.br, e terá sua identidade preservada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.