Escolha uma Página

No dia 2 de maio, o site CamSoda soltou em seu Youtube um vídeo onde a atriz Molly Cavalli era mordida por um tubarão. O vídeo tem 1 minuto e 13 segundos, e parece ser o bastidor de alguma produção maluca da CamSoda. Em pouco tempo a coisa toda se tornou viral. Chegou a  ser noticiado na grande mídia e hoje 16 milhões de visualizações. O problema é que o ataque era mais falso que os peitos da da própria Molly Cavalli.

Pouco tempo depois Bryce Roher, da Florida Shark Diving, veio a público contar que foi procurado pela CamSoda na época que o vídeo estava em fase de planejamento. “Estivemos em contato para a produção de um filme para gravar uma falsa mordida de tubarão, com o objetivo da história ser viral” afirmou Bryce.

Molly Cavalli

O especialista em tubarões se recusou a participar da filmagem e entregou a equipe do CamSoda. Na mensagem dizia ”vamos fazer isso como falamos hoje. Eu sei que vocês são apaixonados por tubarões (…) só queria mostrar para você não será uma mordida muito agressiva. Se isso faz alguma diferença”.

Fake ou não, o vídeo fez diferença para a CamSoda e para a carreira da Molly Cavalli. Tanto o site como a atriz, não são grandes ícones do pornô internacional. A projeção midiática alcançada foi gigantesca. Chato mesmo foi só para os pobres dos tubarões. Por ano mais de 100 milhões de tubarões são mortos por mãos humanas.


Gostou dessa notícia sobre a Molly Cavalli? Quer ver mais conteúdo assim aqui no Peixe Bola Gato? Então nos ajude a manter o site no ar: vire nosso padrinho!

O PBG é um blog mantido por muitas pessoas que não podem ou não querem se identificar. Você pode enviar o seu texto para contato@peixebolagato.com.br, e terá sua identidade preservada.

Comments

comments