Escolha uma Página

O ditado diz que não existe perfeição, mas ele pode estar errado. Quando o assunto é poderosa Ju Pantera, a opinião dos fãs do pornô é quase unanime. Todos acham a morena uma das melhores coisas que já aconteceu no pornô nacional (e até internacional). Nada mais justo do que dedicarmos essa postagem do Musas do Pornô Brasileiro, para ela. Confere aí!

CARREIRA RÁPIDA E FORTE

Ju Pantera nasceu no Rio de janeiro, em 7 de julho de 1985. E desde o primeiro momento que entrou para o pornô chamou atenção. Seu corpo moreno e bronzeado fez muito sucesso, mas eram as medidas naturais que a deixavam mais bela e fora do padrão da época. Sua primeira cena foi em 2003. Uma daquelas bem simples, de sexo hetero. A moça caiu nas graças das produtores e em pouco tempo já tinha vários trabalhos. Só com a Brasileirinhas, Ju Pantera gravou mais de 60 cenas, além de outros filmes com As Panteras e a Buttman Brasil. O que poucas pessoas sabem é que ela foi convidada várias e várias vezes até aceitar fazer sua primeira cena.

Um ano depois de sua primeira cena, Ju Pantera começou a gravar com produtoras pornô internacionais. Ao longo de sua carreira, ela gravou cenas para as principais: EVIL ANGEL, 3rd Degree, Zero Tolerance, Wildlife, Code, X, Elegant Angel, Roman Video, Nectar Entertainment, Private, Juicy Entertainment, Planet Sex. Ju também foi uma das primeira atrizes pornô brasileiras a fazer parte da série Mike In Brasil, da Reality Kings. De fato, foi a participação nesse filme que a fez estourar no mercado internacional. Alguns fãs do pornô argumentam que ela deveria ter recebido prêmios AVN Award.

UM POUCO DE TUDO, MAS BEM FEITO

Falar sobre a Ju Pantera é um prazer. Como alguém que “estuda o pornô”, posso dizer que ela uma das atrizes mais completas da sua época. Ela fez vários tipos de cenas diferentes: Sexo anal, Squirt, Interracial, Lesbo, DP. E para completar era uma das mais eloquentes e conscientes.

Numa entrevista para a Sexsites, Ju abriu o verbo e falou a verdade. “Tenho que ser honesta. Em muitas cenas, finjo que estou gostando, mas, na maioria das vezes, eu gosto, sim!”, disse a morena. Ok, não é o tipo de coisa que queremos ouvir de uma atriz pornô. Mas se formos avaliar a situação: a Ju Pantera fez todo mundo se apaixonar por sua atuação. Não é exatamente isso que esperamos de uma atriz pornô? Infelizmente a morena saiu do pornô em 2009, apenas 6 anos depois de sua primeira cena. Ju Pantera vai ficar nas nossas melhores lembranças.


Gostou dessa matéria sobre a Ju Pantera? Então nos ajude a manter o site no ar: vire nosso padrinho! É só clicar aí na imagem 😉

O PBG é um blog mantido por muitas pessoas que não podem ou não querem se identificar. Você pode enviar o seu texto para contato@peixebolagato.com.br, e terá sua identidade preservada.

Comments

comments