Escolha uma Página

As brasileiras são as mulheres mais celebradas dentro do pornô internacional. Talvez seja o corpo, que é uma mistura de várias etnias. Ou pode ser até o jeitinho brasileiro, que sempre parece malandro e sacana. Não importa, a verdade é que dominamos o cenário de “exportação de pornstars”. Algumas delas atingem um nível muito grande de fama lá fora, enquanto aqui dentro mal são conhecidas. Um dos grandes nomes do pornô europeu é brasileiro, e também é a nossa musa de hoje: Olivia Del Rio.

OBS: A gente sabe que esse quadro do site é apenas para musas do pornô brasileiro. Mas abrimos essa exceção para a Olívia Del Rio por um motivo simples, ela é foda pra caralho!

DE EMPREGADA A MUSA DO PORNÔ FRANCES

Olivia Neves de Oliveira nasceu em Mina Gerais, em 1969, é a décima segunda de 15 irmãos e foi criada na cidade de Belo Horizonte. Mas nada disso faz a menor diferença, porque seu tempo no Brasil nada teve a ver com o pornô. Olivia Del Rio, a personagem, “nasceu” na frança, quando a Olivia real foi trabalhar de empregada na casa de ninguém menos do que Patrice Cabanel. E se esse nome não te remete a nada, vamos há uma pequena explicação: Patrice é simplesmente um dos maiores produtores/diretores pornô dos anos 1990 na Europa.

FURACÃO DO ANAL, DEPOIS NÃO GOSTAR DE ANAL

O ano de estreia de Olivia Del Rio no cinema pornô foi 1994, no filme Fist Overdose. Na verdade o filme foi produzido em 94, mas só saiu em 95. E demorou um bocado até a morena receber o devido reconhecimento por suas cenas. Na época a própria atriz dizia ter um preconceito com sexo anal, que era o forte da industria naquele momento. Foi só quando passou a filmar para produtoras norte americanas que a sucesso bateu em sua porta. Em 2002 foi indicada ao prêmio de melhor atriz na FICEB, pelo filme Apasionadas y CoquetasNo ano teve sua primeira indicação no AVN, e novamente não levou o prêmio. Porém seu rosto já estava mais do que conhecido pelos fãs da pornografia mundial.

O engraçado é que ficar conhecidas, o preconceito de Olivia com anal acabou. Chegou até o ponto onde ela preferia gravar cenas de sexo anal, do que vaginal. Seu marido admitiu em entrevistas que tinha um pouco de ciumes, mas depois que se acostumou com o sucesso da morena, passou a ser um hobbie entre os dois que ele fosse a acompanhar durante as gravações. Os dois compraram e administraram um bar no Marrocos até 2007 e eram figurinhas carimbadas em casas de swing na França. Mas essa brincadeira foi até 2009, quando Olívia saiu do mundo do pornô. Hoje ela vive em Marselha com seu marido e 2 filhos.

Olivia Del Rio


Gostou dessa matéria sobre a Olivia del Rio? Então nos ajude a manter o site no ar: vire nosso padrinho! É só clicar aí na imagem 😉

O PBG é um blog mantido por muitas pessoas que não podem ou não querem se identificar. Você pode enviar o seu texto para contato@peixebolagato.com.br, e terá sua identidade preservada.

Comments

comments