Operação Lava Jato é para os fracos. Aqui é Operação Leva-Jato!

Nas últimos semanas, o assunto mais comentado é a Operação Lava Jato. Porém o que poucas pessoas sabem é que já existe uma versão pornô da investigação que está quase levando Lula para a cadeia. O filme Operação Leva-Jato é uma produção da Brasileirinhas e merece um análise completa.

operacao-leva-jato-1Operação Leva-Jato já é o tipo de filme essencial para qualquer amante da pornografia nacional. Ele reúne nomes como Britney Bitch e Big Macky, unindo novas apostas com velhos conhecidos. E, como a maior parte dos filmes da Brasileirinhas, traz uma boa variedade de tipos de cena.

É meio complicado falar do “enredo”, mas Operação Leva-Jato é basicamente uma brincadeira com tudo o que está rolando na política nacional. Tem um pouco sobre mensalão, um pouco do dinheiro na cueca e várias outras brincadeira que nem valem ser citadas. O importante aqui é falar da putaria, do sexo.

A primeira cena de sexo fica por conta da maravilhosa Pamela Pantera, uma loira toda proporcional. Quem divide a cena com ela é o conhecido Loupan, e o cara é um dos melhores atores na ativa. O sexo é rasgado, daqueles que pega forte. A Pamela manda muito bem no oral, mas o destaque aqui é o anal. Sem pudores, sem medos e com carinha de quem tá adorando, a loira aguenta tudo até o final.

operação
Pamela Pantera e o anal com Loupan
“Come sem dó, come!”, só Pamela Pantera pra pedir algo assim para o Loupan.

Na sequência, Operação Leva-Jato aposta num interracial com Isabella Martins. Para uma iniciante, Isabella aguenta bem o anal, mesmo quando tem que enfrentar uma piroca realmente grande. E pra quem é nerd, vale apena ressaltar que a Isabella tem as inscrições do Um Anel torneando toda a parte de cima da coxa. Obviamente vamos tentar trazer uma entrevista com a moça pra saber se ela gosta mesmo de Senhor dos Anéis Anais.

Operação Leva Jato
Isabella Martins e sua tatuagem inspirada em Senhor dos Anéis

E é na sua terceira cena de sexo que o Operação Leva-Jato fica realmente bom. O diretor que tem a ideia de colocar Aline RiosBritney Bitch pra fazer uma cenas lésbica, é um gênio. As duas são os melhores exemplos de interpretação? Não. Mas o foco aqui é capacidade de adaptação. A Aline Rios dispensa apresentações, quem viu cenas da moça, sabe do que estou falando. Enquanto Britney Bitch também não é fraquinha. Como as duas são praticamente “ninfetas”, a imaginação rola solta.

Operação Leva Jato
Aline Rios acabando com a Britney Bitch

O ponto alto é que as duas atrizes tem estilos totalmente diferentes, então ver a Aline Rios (que tem uma pegada mais forte) comendo a Britney Bitch (estilo lolita) é uma visão especial. Talvez a melhor parte é saber que Aline é garota de programa, então se você estiver disposto a gastar bem, pode ter aquela mulher na cama.

Big Macky está de volta e ainda come a Britney Bitch?

No final, Operação Leva-Jato dá um brinde para todo mundo que acompanhou o cenário do pornô nacional do início dos anos 2000. Quem aí não lembra do Big Macky? O cara competia com o Kid Bengala pelo título de maior piroca do pornô. Ok, o Big não é tão legal e eloquente quanto o Kid, mas… Ninguém tá vendo essa porra pelas falas, né?

Operação Leva Jato
Britney Bitch aguentou o Big Macky XD

Chega a ser um pouco de maldade colocar na última cena Britney Bitch para enfrentar o Big Macky. São 27 cm de piroca contra uma atriz magrinha, toda apertadinha. Porém, o engano foi meu e Britney Bitch vai até o fim e encara o pau do Big com maestria. Quase 30 minutos de uma foda pesada, que te faz admirar a novata pela capacidade de aguentar na buceta e no cu. Ao mesmo tempo que o Big te faz lembrar dos velhos tempos.

Operação Leva-Jato é pra quem quer conhecer mais das mulheres que estão mandando ver na Brasileirinhas atual. Porém também faz lembrar de uma época legal do pornô nacional. Quem quiser ver o filme, vai pagar pouquinho se cadastrando lá no site da Brasileirinhas.


Quer brincar de Operação Leva-Jato com a(o) sua(seu) parceira(o)? Dá uma passada na SENSUALSEXSHOP e compra essas algemas para fazer uma prisão 😉

publi_algema_1-ai

 

 

Desde pequeno, “O crítico” é visto como um cara chato por aqueles que o conhecem. Sempre procurando analisar e desenvolver teorias, era um dos poucos adolescente que não se masturbava vendo filmes pornô. O Crítico batia punheta lendo as colunas de crítica do Rubens Ewald Filho.

Comments

comments

Crítico de Pornô

Desde pequeno, "O crítico" é visto como um cara chato por aqueles que o conhecem. Sempre procurando analisar e desenvolver teorias, era um dos poucos adolescente que não se masturbava vendo filmes pornô. O Crítico batia punheta lendo as colunas de crítica do Rubens Ewald Filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.