Escolha uma Página

Temos que valorizar as mitológicas “mulheres sem frescuras”. Elas sempre foram poucas, e sempre nos agradaram por mostrar que homens e mulheres podem ter gostos iguais. Falo das atrizes que curtem gravar pornô hardcore. Daquelas que curtem a submissão e não fazem disso um assunto político. Falo de atrizes como a bela e desinibida Bobbi Starr, que além de ser boa contracenando, sabe bem se impor fora das telas. Então que tal fazer um perfil dela hoje? Curte aí!

Do oboé ao pornô

Elizabeth Renee Evans, é o nome real de Bobbi Starr. Nascida na Califórnia em 1983, a beldade vem de uma família que mistura ascendências italianas e húngaras.  Mistura que deu a ela uma perfil europeu de beleza. Seus seios pequenos e pernas longas chamaram atenção desde suas primeiras cenas. Porém a morena é mais do que cenas perfeitas de anal. Bobbi também é forma em música e toca oboé. Difícil pensar que essa pornstar também manda bem tocando oboé, né?

Bobbi Starr entrou no mundo pornô por curiosidade. Depois de ver cenas com da Belladonna, Bobbi percebeu que também poderia fazer sexo de frente para as câmeras. Ela começou tarde para os padrões do pornô, com 23 anos. No início foram apenas alguns ensaios sensuais, mas em pouco tempo veio a primeira cena em 2006. Bobbi entrou com tudo, fazendo cenas de BDSM leve logo de cara.

Apesar de ser considerada uma atriz “ousada”, o reconhecimento demorou para chegar. O primeiro prêmio só veio em 2009, quando Bobbi ganhou o XRCO Awards na categoria Superslut. A bela também foi uma das ganhadoras do reality show America’s Next Hot Porn Star. E foi listada duas vezes como uma das 12 pornstar mais influentes nos anos de 2011 e 2013.

Em 2013 ela ficou grávida, deu uma parada na carreia, mas voltou logo em seguida. Hoje Bobbi, além do pornô, escreve para o Popporn.com e tem uma coluna  chamada Adventures in Porny Land, na revista Fox . A moça também já declarou que quer estudar pré-medicina, com o objetivo de se tornar uma ginecologista. Sua intenção é trabalhar dentro da indústria do pornô, onde ela identificou a falta de profissionais dessa área.

A arte do anal e do choque

Apesar da Bobbi Starr não ser a atriz mais hardcore, ela ainda é considerada “ousada” no meio comum do pornô. A própria Bobbi se define como “uma garota muito desagradável”, em seu site oficial. Essa pegada mais “bruta” a deixou famosa. Cena com anal, bukakke, creampie, DP e gang bang, são a especialidade da moça. De fato o anal é o destaque na carreira de Bobbi Starr.

Bobbi Starr é um ícone do pornô?

Com a sua desenvoltura em cena, podemos sim falar Bobbi é um ícone do pornô. Realizando suas cenas sempre passando uma imagem que estava com vontade, com uma certa fome de sexo. A ousadia dela como atriz é  algo lindo de se ver. Primeiro porque é uma representação de como a moça é no seu dia a dia. E em segundo lugar, porque é um grito de liberdade. Mulher também curte pornô hardcore.

Ficha Técnica
Nome Real: Elizabeth Renee Evans
Nascimento: Abril de 1983
Cidade Natal: Santa Clara, Califórnia, Estados Unidos
Total de Cenas: 252
Ano de entrada: 2006
Primeiro filme: Don’t Waste It Taste It 1

 

 

 


Gostou desse perfil sobre a Bobbi Starr? Quer ver mais conteúdo assim aqui no Peixe Bola Gato? Então nos ajude a manter o site no ar: vire nosso padrinho! É só clicar aí na imagem 😉

O PBG é um blog mantido por muitas pessoas que não podem ou não querem se identificar. Você pode enviar o seu texto para contato@peixebolagato.com.br, e terá sua identidade preservada.

Comments

comments