Relato enviado pela Pequena Travessa, que já participou no nosso quadro Manda Nudes

Meu primeiro contato com a pornografia foi de fato com o Tumblr. Antes não me interessava pelo assunto, até que no meu Tumblr pessoal comecei a seguir o escravo-sexual, e o Alê (dono do perfil) me fez criar gosto. O primeiro vídeo que vi eu devia ter uns 16~17 anos e foi justamente usando esse perfil do tumblr. Depois comecei a seguir mais perfis do tumblr que falavam sobre sexo e fui gostando cada vez mais.

Com relação aos filmes, sempre tive medo de ver e minha mãe me pegar no flagra. Minha família sempre foi muito conservadora. Eu era proibida de beijar na boca antes dos 15 anos. Minha mãe não deixava nem eu sair com minhas amigas sem um adulto. Ironicamente, quando entramos pra igreja conheci um menino por quem me apaixonei e comecei a namorar escondido pela rua com a desculpa de que estávamos indo pra cultos em outras igrejas. Mas quando começamos a namorar de verdade, tinha que ser na sala ou na varanda com a luz acesa. Minha mãe fiscalizava as conversas e sempre queria ver o que estávamos falando no MSN.

728px-Sign-up-for-tumblr

Hoje em dia, com a privacidade e praticidade do celular, a relação com a pornografia ficou mais fácil e também mais intensa. Não uso mais o Tumblr pessoal, passo mais tempo no Tumblr pornô. Lá tenho acesso a um universo de conteúdo pornográfico, e à pessoas que compartilham do mesmo interesse. Quanto à masturbação…. Faço sempre que possível. As vezes três vezes por dia. Já cheguei a me masturbar no trabalho por ser algo que me alivia dos estresses.

Eu adoro exibicionismo, então adoro fazer vídeos e fotos exibindo meu corpo e expor as minhas vontade. Quando comecei a postar, ainda estava insegura. Postava só foto dos seios. Mas logo vieram novos pedidos e a vontade de realizar cada um deles. Então comecei a postar novas fotos, exibindo todo o corpo, e a aceitação foi ótima, o que me deixou mais empolgada. Sempre que posso recebo muitos elogios e isso é muito excitante. A sensação de ser “adorada” é indescritível.

Um vídeo da Pequena Travessa fazendo sua própria pornografia.

Se você é mulher e quer compartilhar como foi sua primeira experiência com a pornografia, não deixe de nos mandar seu relato. É muito fácil, basta clicar aqui >> Grelo Duro <<

O PBG é um blog mantido por muitas pessoas que não podem ou não querem se identificar. Você pode enviar o seu texto para contato@peixebolagato.com.br, e terá sua identidade preservada.

Comments

comments